Vi & Gostei - A Menina Que Roubava Livros

Olá galera! Semana retrasada estreou um filme que grande maioria de nós, leitores, estávamos mega ansiosos para assistir. Como só deu tempo para ir no cinema nesse último sábado, venho com a minha opinião sobre a adaptação A Menina Que Roubava Livros um pouco mais tarde. Sem mais enrolação, vamos logo conferir o post de hoje.

TÍTULO ORIGINAL: THE BOOK THIEF
ANO: 2014
DIREÇÃO: BRIAN PERCIVAL
CLASSIFICAÇÃO: + 10 ANOS

Segunda Guerra Mundial. Alemanha nazista. Uma garotinha chamada Liesel Meminger (SOPHIE NÉLISSE) é adotada por Hans (GEOFFREY RUSH) e Rosa Hubermann (EMILY WATSON), um homem amável e carinhoso e uma mulher rígida e mal-humorada. Porém, tudo começa um pouco antes, quando Liesel e seu irmão estão indo para Munique para encontrar esse casal, mas um incidente acaba mudando um poucos os planos e a Morte, por algum motivo, se interessa pela vida da menina. Sim, como a grande maioria já sabe, é a temida Morte que narra a história da roubadora de livros, e isso não podia faltar na adaptação.

A escolha do elenco não podia ser melhor. Chegou bem próximo do que eu havia imaginado enquanto lia o livro, principalmente os pais adotivos de Liesel. A Emily Watson se encaixa perfeitamente no papel de Rosa. Apaixonei-me por essa atriz desde que a vi em Cavalo de Guerra (que é um filme ótimo e emocionante, com um elenco que também é maravilhoso e que vale muito a pena ver) e até agora não me decepcionei com ela, super talentosa e muito boa no que faz.

Vi muita gente um pouco decepcionada pela adaptação, por algumas partes importantes não terem aparecido. Eu, particularmente, não sou muito exigente nesse quesito, portanto a falta de detalhes não me incomodou muito. É claro que se você apenas viu o filme vai achá-lo maravilhoso, mas se leu antes, vai perceber algumas coisas que gostaríamos que estivessem lá e não estavam. Não vou mencionar exatamente o que, já que seria considerado spoiler, então para você que ainda não leu, não perca tempo pois é muito bom e só então conseguirá entender melhor do que estou falando.

Acho que o filme pecou um pouco na parte da emoção que tanto senti no livro, mas que senti falta na adaptação. Não quer dizer que seja um mar de rosas, porém pensei que retrataria melhor a época, a situação que a maioria das famílias passavam durante a grande Segunda Guerra Mundial. A miséria, a opressão estão presentes de modo quase superficial.

Porém, A Menina Que Roubava Livros está bom e vale a pena assistir e comparar as duas partes. Talvez tenhamos nutrido muitas expectativas e acabamos nos decepcionando. E para quem ainda não viu, vejam o trailer abaixo:

6 comentários:

✿Nessa✿ disse...

OI JU
O que mais me decepcionou no filme, foi não ter aparecido o Max caminhando na fila dos judeus na cidade, pq quem só assisti ao filme, não imagina que ele foi pego pelos judeus...
Mas o filme em si estava bom, tbm acho que faltou emoção.

Beijos*

Carlos Magno Silva disse...

Pra mim, mesmo com algumas coisas faltando no filme, a adaptação foi perfeita! É um dos meus livros favoritos e não esperava um filme que me empolgasse tanto. Valeu a pena ver!

Carlos Magno,
http://cantinadolivro.blogspot.com.br

Sofia disse...

Ooi, Ju!
Adoro "A Menina que Roubava Livros" e sinceramente, não tenho expectativas tão altas para essa adaptação.
Ainda não fui assistir, mas espero não me decepcionar :/

Beijão!
Sofia - Lendo de Tudo

Elidiane Ferreira - Leitura Entre Amigas disse...

Oii!!!
Ainda não li o livro, por isso acho que não vou assisti o filme nem tão cedo. Mas espero gostar, rs.
Beijos

Elidiane
Leitura Entre Amigas

Kate Norbertino disse...

Eu simplesmente não estou me aguentando de tão louca para ler o livro e assistir o filme!!

Acervo de livros
Própria Mente

Iasmin Cruz disse...

Eu gostei bastante do livro, mas ainda não assisti.

www.iasmincruz.com